Como limpar a banheira

A limpeza da banheira pode ser mais fácil do que imagina.
Por vezes, por falta de conhecimento, a limpeza da banheira é feita de forma incorreta, podendo chegar a danificá-la.
Na maior parte dos casos, deve-se à utilização de produtos de limpeza inadequados que contém substâncias abrasivas que danificam o material, sobretudo as superfícies cromadas.

Saiba o que deve e não deve utilizar.
+ Enxaguar com água morna e uma solução de sabão neutro ou detergente.

Nunca devem ser usados produtos com componentes ácidos, alcalinos ou abrasivos.

Exemplo de produtos a evitar:
Lixívia ou cloro: pode danificar e/ou atacar as superfícies cromadas e outras superfícies.
Vinagre: é acido e ataca metais e vedantes de borracha, pode manchar.
Água oxigenada: é um poderoso oxidante que ataca cromados ou pode faze-lo, bem como outras superfícies.
Sal fino: além de ser abrasivo é fortemente corrosivo.
Cera para automóveis: é mesmo só para automóveis e pode agir como um aglomerante.

O mercado já oferece soluções neutras e eficazes para este efeito, na forma de gel. Alguns produtos afirmam-se como específicos para a casa de banho, mas são danosos para os materiais.
Consulte sempre os rótulos das embalagens antes de comprar ou usar qualquer produto, para verificar a composição/componentes dos produtos.
Mesmo assim e atendendo à presença de superfícies cromadas como os injetores, válvulas, deverá ter cuidado e usar sabão neutro apenas, pano de camurça ou esponja de pano e enxaguar abundantemente com água.

Estes conselhos aplicam-se apenas às banheiras de acrílico. No caso da Sanindusa as banheiras são em acrílico …
banheira Millennium pormenor

>>> Artigos semelhantes:

Partilhe este artigo:
  • Print
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *